BNDES desejar triplicar concessão de crédito para pequenas e médias empresas no 2º semestre

BNDES desejar triplicar concessão de crédito para pequenas e médias empresas no 2º semestre

O banco quer ampliar os empréstimos para capital de giro de R$ 4 bilhões para R$ 12 bilhões. O segundo semestre de 2017 deve chegar com uma boa notícia para as pequenas e médias empresas do Brasil: um aumento de até três vezes no valor de empréstimos para capital de giro concedido pelo BNDES.O Ban...
Boleto vencido: poderá ser pago em qualquer banco

Boleto vencido: poderá ser pago em qualquer banco

Um novo sistema anunciado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) vai impactar diretamente na maneira como a sua empresa e os seus clientes lidam com pagamento de boletos vencidos. Isso porque a novidade vai permitir que mesmo os títulos que já tenham passado da data de vencimento possam ser...
Levantamento: 43% do FGTS inativo sacado em março e abril foi consumido no varejo

Levantamento: 43% do FGTS inativo sacado em março e abril foi consumido no varejo

Estudo da CNC constatou que mais de R$ 7 bilhões do FGTS teve o varejo como destino no 2º bimestre do ano. Um levantamento realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) verificou que os saques de contas inativas do FGTS resultaram em um impacto positivo de R$ 7...
Exclusão do PIS e COFINS da Contribuição Previdenciária - Projeto de Lei é aprovado

Exclusão do PIS e COFINS da Contribuição Previdenciária - Projeto de Lei é aprovado

Projeto de Lei 4281/2016 modifica a Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, para possibilitar a exclusão da base de cálculo da contribuição previdenciária sobre a receita bruta dos valores do PIS e da COFINS A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços aprovou, no últim...
Crise pode jogar recuperação para 2019, dizem economistas

Crise pode jogar recuperação para 2019, dizem economistas

Segundo eles, com presidente denunciado por corrupção, reformas ficam comprometidas e investimentos continuam nas gavetas. Os economistas Edmar Bacha, José Roberto Mendonça de Barros, Bernard Appy, Marcos Lisboa e Alexandre Schwartsman já ocuparam cargos públicos.Sabem como política e economia se ...